02/12/10

SOCIALISMO E COMUNISMO - CORRUPÇÃO MORAL – POLÓNIA

"A juventude polaca rejeita o socialismo, tal como manifestou um artigo do jornal diário do Partido Comunista polaco reproduzido por “Newsweek” (01.13.1986).

Tal artigo revela que a maior parte dos jovens encontram na Idade Média (quando reinava a dinastia Piast) a época mais positiva da história nacional. Um dirigente do Partido Comunista alertou então sobre a inexistência de um “compromisso socialista” na juventude, que "se deixaria influenciar pela Igreja".

Perante o fracasso da ostentosa propaganda marxista, houve então um novo recurso: passar filmes pornográficos pela televisão, a fim de afastar os jovens da Fé Católica.

É interessante constatar através deste testemunho insuspeitável do próprio Partido Comunista polaco o nexo íntimo entre a imoralidade e o marxismo. A corrupção dos costumes, para as autoridades polacas, predispõe a mente para a aceitação passiva das teses comunistas. No Ocidente, a guerra psicológica revolucionária (de inspiração comunista), vem empregando esta tática com grande êxito nas últimas décadas, destruindo assim os ideais de combate e heroísmo."

(Catolicismo, São Paulo, ano XXXVI, nº 433, março 1986)

Sem comentários:

TEXTOS ANTERIORES